Padre Victor
Anjo Tutelar de Três Pontas, MG

Acompanhe a Novena

Clique Aqui!


Beato Padre Victor

‘Pedi para ser mãe’, diz mulher de milagre que beatificará Padre Victor

Vaticano publicou promulgação do primeiro milagre atribuído ao religioso. Mulher de Três Pontas engravidou após medicina considerar impossível.

O Vaticano publicou neste sábado (6) a promulgação do primeiro milagre atribuído à intercessão de Padre Victor. Com o decreto, a Igreja já pode marcar a data para a cerimônia de beatificação do religioso. A Diocese de Campanha (MG) revelou para a equipe da EPTV Sul de Minas o milagre reconhecido pela comissão católica: uma mulher de Três Pontas (MG) que conseguiu engravidar em 2010 após a medicina afirmar que isso seria impossível.

A professora Maria Isabel de Figueiredo sonhava ser mãe, mas não podia engravidar. Foram dois anos de tratamentos e muitas desilusões, até que ela pediu ajuda a Padre Victor durante uma novena.

“Eu pedi na novena de 2009 para o Padre Victor que intercedesse a Deus para que eu engravidasse, já que era meu sonho ser mãe. E também, como é tradição na novena, que escreva um pedido e o padre sempre fala que esses pedidos são queimados, no último dia da novena, e que a fumaça é levada aos céus. Então eu escrevi o pedido, com muita fé, acreditando que um dia eu poderia receber essa graça. E em agosto de 2010 me veio a notícia que eu estava grávida sem nenhum tratamento”, conta.

E contrariando as previsões médicas, mais uma vez, ela espera agora por outra filha. “Essa gravidez é a comprovação da cura, do milagre que eu recebi porque mais uma vez, sem tratamento nenhum, estou grávida esperando mais uma menina. Graças ao Padre Victor”, agradece a professora.

Segundo a médica Márcia Andreia, que atendeu Maria Isabel à época, a gravidez dela não era possível de forma natural porque a paciente não tem uma das trompas e a outra é totalmente obstruída.

milagre_padrevictorDecreto
O documento do Vaticano, escrito em italiano, relata que o Papa Francisco decidiu na sexta-feira (5) pelo reconhecimento do primeiro milagre atribuído a intercessão do Venerável Padre Victor.

No início da semana, a Igreja já havia divulgado que o milagre atribuído a Padre Victor havia sido aprovado por três comissões: uma de médicos que trabalham para o Vaticano, outra de teólogos e por uma comissão de cardeais.

Com a assinatura do Papa Francisco, a Igreja Católica já pode marcar a data para a celebração da beatificação. “A proposta nós enviaremos à Santa Sé para que confirme aquilo que nós estamos pretendendo fazer com o rito de beatificação, na semana em que celebramos a Consciência Negra”, revela Dom Diamantino Prata de Carvalho, bispo de Campanha.

Ainda segundo o bispo, a missa de beatificação do religioso deve ser realizada no dia 20 ou 21 de novembro, o que ainda precisa ser aprovado pelo Vaticano.

Com a celebração, Padre Victor será o segundo beato do Sul de Minas. Em maio de 2013, Francisca de Paula de Jesus, a Nhá Chica, foi beatificada em Baependi (MG), onde passou a vida.

Padre Victor
Francisco de Paula Victor nasceu em Campanha (MG), no dia 12 de abril de 1827, e foi batizado em 20 de abril do mesmo ano pelo padre Antônio Manoel Teixeira. Era filho da escrava Lourença Maria de Jesus.

Dom Antônio Ferreira Viçoso, bispo de Mariana (MG), visitou Campanha em 1848. Victor, então alfaiate, procurou dom Viçoso e disse que tinha o desejo de ser padre. Com isso, ele entrou para o seminário de Mariana, onde foi aceito em 05 de junho de 1849.

Mudou-se para Três Pontas em 14 de junho de 1852, como vigário encomendado e paroquiou na cidade por 53 anos. Era conhecido por sempre visitar doentes, amparar os inválidos e atender a população em suas necessidades. Além disso, fundou a escola “Sagrada Família”.

Victor faleceu no dia 23 de setembro de 1905. A notícia abalou a cidade e toda a região, que já o venerava. Após sua morte, ele ficou insepulto por três dias e o corpo do padre exalava perfume, segundo relatam. Ele foi enterrado na Igreja Matriz da cidade, que também foi construída por Padre Victor. Desde então, muitas pessoas declaram que o religioso intercedeu para que alcançassem seus pedidos e graças.

O memorial do Padre Victor, em Três Pontas, chega a receber até 10 mil visitas durante os dias de novena do religioso, comemorado em 23 de setembro. No local, é possível encontrar vestes litúrgicas usadas pelo padre, objetos de devoção ou utilizados no oficio de sacerdócio pelo religioso, além de uma imagem de Padre Victor.

Também no local há a Sala dos Milagres, onde vários objetos são deixados por fiéis simbolizando as graças alcançadas por intercessão do padre e um livro com os relatos delas pelos fiéis.

Imprimir