Padre Victor
Anjo Tutelar de Três Pontas, MG

Assista a Festa do Padre Victor Aqui

Clique Aqui!

Notícias › 22/04/2014

Carta do Cardeal Dom Odilo aos bispos auxiliares e padres de São Paulo

dom-odilo-scherer_1Em uma nova carta destinada aos bispos auxiliares e sacerdotes da Arquidiocese de São Paulo, publicada nesta terça-feira, 22, o Cardeal Dom Odilo Pedro Scherer, lembrando o período da Oitava da Páscoa vivenciado pela Igreja, desejou aos presbíteros uma feliz e abençoada Páscoa da Ressurreição.

Dom Odilo contou que ouviu o testemunhos de diversos padres da região, que lhe descreveram o bom êxito das celebrações realizadas neste tempo pascal, com a presença dos fiéis em vários momentos, como as confissões em preparação à Ressurreição do Nosso Senhor Jesus Cristo. “Isso é bom sinal, graças a Deus”.

O purpurado lembrou na mensagem que estará em Roma na próxima semana, para acompanhar a celebração de Ação de Graças pela canonização de São José de Anchieta, no dia 24 de abril, às 13h (horário de Brasília).

Já no domingo, dia 27, às 5h (horário de Brasília), quando o Papa Francisco proclamará Santos os Papas João XXIII e João Paulo II, o Cardeal, além de confirmar sua presença, destacou ser este “um momento de graça especial para a Igreja.

“Aqui na Arquidiocese, faremos a ação de graças e o especial louvor a Deus no domingo, 11 de maio (Domingo do Bom Pastor). Celebrarei uma Missa na Catedral da Sé às 11h, com esta intenção especial. Mas convido que também o façam nas Missas de suas Paróquias e Comunidades, no mesmo Domingo.”

Sendo dois Papas, continuou, o “Te Deum laudamus” – usado principalmente na liturgia católica, como parte do Ofício de Leituras da Liturgia das Horas e outros eventos solenes de ações de graças, quando há a junção de duas ideias distintas na mesma construção – não é só feito nas igrejas locais, onde viveram, mas em toda a Igreja.

Além disso, Dom Odilo destacou a preparação para a 113º Romaria Arquidiocesana para Aparecida, que será realizada no 1º Domingo de maio, dia 4. A Missa na Basílica da Padroeira do Brasil será celebrada às 10h.

“Sei que já há uma movimentação do povo para organizar os grupos da Romaria; peço aos Padres que incentivem a participação do povo na Romaria. A Arquidiocese de São Paulo tem uma relação estreita com a devoção a Nossa Senhora Aparecida, cujo Santuário pertenceu à Arquidiocese até 1958; só então foi criada a Arquidiocese de Aparecida e a Basílica passou para ela”, explicou.

No dia 30 de maio, quando será feita a Assembleia geral anual da CNBB, em Aparecida, o purpurado pediu para que os fiéis “rezem pela Assembleia, cujo tema principal será o da ‘Paróquia, Comunidade de Comunidades'”.

“Deus os abençoe e guarde! Em Roma, vou rezar por vocês e pela Arquidiocese de São Paulo junto aos túmulos dos novos Santos Pastores da Igreja, João XXIII e João Paulo II.” (LMI)

Por Gaudium Press, com Arquidiocese de São Paulo

Imprimir