Associação Padre Victor

Notícias › 21/03/2014

Acordo com empresa japonesa para digitalizar três mil manuscritos

1_0_783289Foi assinado, nesta quinta-feira, um acordo com a empresa japonesa NTT Data Corporation para digitalizar 3 mil manuscritos da Biblioteca Apostólica Vaticana, ao longo de 4 anos.

A iniciativa foi apresentada esta manhã na Sala de Imprensa da Santa Sé pelo arquivista e bibliotecário da Santa Igreja Romana, Dom Jean-Louis Bruguès, e pelo Prefeito da Biblioteca Apostólica Vaticana, Mons. Cesare Pasini, junto com o presidente a administrador delegado da NTT Data Corporation, Toshio Iwamoto.

“O projeto assumido há anos pela Biblioteca Vaticana é mais amplo: digitalizar todos os 82 mil manuscritos, 41 milhões de páginas. Com a digitalização de 3 mil novos manuscritos se chagará a 2018 a ter 15 mil documentos digitalizados”, observou Mons. Pasini.

“Uma verdadeira obra em favor da conservação e divulgação do conhecimento a serviço da cultura para o mundo inteiro”, disse ainda ele.

“Os 3 mil manuscritos, alguns de especial valor, abraçam todas as culturas e línguas da Europa, mas se estendem ao Extremo Oriente chinês e japonês, e América pré-colombiana”, disse Dom Bruguès, enfatizando a missão humanística da Biblioteca Vaticana que teve início em meados do século XV, por intuição do Papa Nicolau V.

“Com este espírito humanístico pretende-se conservar e disponibilizar esse imenso tesouro da humanidade que lhe foi confiada. Por isso, digitaliza e oferece esse tesouro para pesquisa livre na internet”, disse ainda o prelado.

Os manuscritos digitalizados serão vistos gratuitamente no site da Biblioteca Vaticana na forma de imagens de alta definição. O trabalho terá um custo estimado de 18 milhões de euros.

Por Rádio Vaticano

X