Associação Padre Victor

Notícias › 30/04/2014

Cardeal Turkson abre encontro sobre trabalho e justiça social

Peter-K.A.-TurksonO Presidente do Pontifício Conselho da Justiça e da Paz, Cardeal Peter Turkson, abriu o seminário internacional sobre trabalho e justiça social, nesta terça-feira, em Roma.

Durante dois dias, os participantes refletem sobre as profundas mudanças do mundo do trabalho na era da globalização, sobre a justiça social e desenvolvimento humano. “Temas estritamente ligados como ensina aos dias de hoje a Doutrina Social da Igreja da Encíclica Rerum Novarum, do Papa Leão XIII”, recordou o Cardeal Turkson na abertura do evento.

“Não obstante os grandes progressos trazidos pela industrialização e globalização, a pobreza continua atormentando milhões de irmãos e irmãs no mundo e a alimentá-la são o desemprego, o subemprego e o trabalho precário”, frisou ainda o presidente do Pontifício Conselho da Justiça e da Paz.

“Tudo isso, como evidenciado em várias ocasiões pelo Papa Francisco, é a conseqüência de um sistema econômico que colocou no centro o dinheiro. Daí a urgência de uma abordagem econômica alternativa baseada na justiça e na solidariedade, capaz de garantir um trabalho digno e torná-lo um fator positivo para a transformação da sociedade”, disse ainda o Cardeal Turkson.

Segundo o purpurado, “a melhoria geral das condições dos trabalhadores, incluindo a segurança no local de trabalho, causaria efeitos positivos em todas as componentes da sociedade, criando condições para a realização de uma sociedade afluente onde todos possam ter acesso à educação e saúde, mas também para enfrentar a emergência ambiental e as mudanças climáticas que ameaçam o planeta”.

“O objetivo do emprego e um trabalho digno para todos é uma maneira para combater a pobreza e, assim, alcançar os Objetivos de Desenvolvimento do Milênio pós-2015”, concluiu o Cardeal Turkson.

Por Rádio Vaticano

X