- Associação Padre Victor - https://padrevictor.com.br -

Papa aprova proposta sobre o futuro do IOR

1_0_788746O Papa Francisco aprovou uma proposta sobre o futuro do IOR, o Instituto para as Obras de Religião, reafirmando a importância da sua missão para o bem da Igreja Católica, da Santa Sé e do Estado da Cidade do Vaticano.

“A proposta – afirma um comunicado da Sala de Imprensa da Santa Sé – foi desenvolvida conjuntamente por representantes da Pontifícia Comissão Referente sobre o IOR (Crior), pela Pontifícia Comissão de Estudo e de Orientação sobre a Organização da Estrutura Econômico-Administrativa da Santa Sé (Cosea), pela Comissão Cardinalícia do IOR, e pelo Conselho de Superintendência do IOR, e apresentada ao Santo Padre pelo cardeal-prefeito da Secretaria para a Economia com o consenso do Cardeal Santos Abril e Castelló, presidente da Comissão Cardinalícia do IOR.”

“Tal proposta – continua o comunicado – foi definida baseada em informações sobre o status legal do IOR e na operacionalidade realizada, em informações colhidas pela Crior em fevereiro de 2014 e apresentadas ao Santo Padre e a seu Conselho de Cardeais.”

“O IOR continuará servindo com atenção e fornecendo serviços financeiros especializados à Igreja no mundo inteiro. Os significativos serviços que podem ser oferecidos pelo Instituto assistem o Santo Padre em sua missão de pastor universal e, ademais, auxiliam instituições e indivíduos que colaboram com ele em seu ministério.”

“Com a confirmação da missão do IOR e acatando o pedido do cardeal-prefeito Pell, o presidente do Conselho de Superintendência, Ernest von Freyberg, e o gestor do IOR levarão a cabo o plano assegurar que o IOR possa realizar a sua missão como parte das novas estruturas financeiras da Santa Sé e do Estado da Cidade do Vaticano. O plano será apresentado ao Conselho dos Cardeais do Santo Padre e ao Conselho para a Economia.”

“As atividades do IOR – lê-se ainda no comunicado – continuarão sob a supervisão regulamentar da AIF (Autoridade de Informação Financeira), autoridade competente no âmbito da Santa Sé e do Estado da Cidade do Vaticano.”

“Em conformidade com o Motu Proprio de 8 de agosto de 2013 e de 15 de novembro de 2013 e com a lei número XVIII sobre transparência, supervisão e informação financeira que entrou em vigor em 8 de outubro de 2013, foi introduzida uma ampla e articulada estrutura legal e institucional finalizada a regulamentar as atividades financeiras no âmbito da Santa Sé e do Estado da Cidade do Vaticano.”

“A esse propósito, o cardeal-prefeito Pell confirmou a importância de um alinhamento sustentável e sistemático das estruturas legais e normativas da Santa Sé e do Estado da Cidade do Vaticano com as best practice regulamentares internacionais.”

“Uma eficaz supervisão regulamentar e os progressos alcançados na compliance, transparência e operacionalidade iniciadas em 2012 e sensivelmente aceleradas em 2013, são fundamentais para o futuro do Instituto.”

Por Rádio Vaticano