Associação Padre Victor

Notícias › 25/03/2014

Papa encontrará mais de 6 mil integrantes da “Pequena Missão para os Surdos”

1_0_784490No próximo dia 24 de março, o Papa Francisco receberá em audiência na Sala Paulo VI, no Vaticano, a “Pequena Missão para os Surdos” (PMS). Mais de seis mil integrantes, provenientes da Itália, Brasil, Argentina, Alemanha, Espanha Estados Unidos, Inglaterra e Malta, vão saudar e manifestar seu carinho pelo Santo Padre.

As palavras da Exortação Apostólica Evangelii Gaudium: “A alegria do Evangelho preenche o coração e a vida inteira daqueles que se encontram com Jesus” (EG1), inspiraram o grande desejo da Pequena Missão em fazer encontrar as pessoas surdas, os seus familiares, as Congregações que trabalham com eles, as escolas, associações, entidades e movimentos com o Papa Francisco.

O encontro será aberto às 8h30min com um momento de oração guiado pelos organizadores, seguido por testemunhos de pessoas surdas e cegas do ‘Movimento Apostólico Cegos’. Às 10 horas deverá ocorrer o encontro com o Papa Francisco que dará uma catequese para os presentes.

A “Pequena Missão para os Surdos” (PMS) foi fundada em Bolonha em 1849 pelo Venerável Servo de Deus, Dom Giuseppe Gualandi (1826-1907). O objetivo é a promoção humana e social e a evangelização de pessoas surdas. Boa parte das pessoas surdas na Itália foram educadas nos Institutos Gualandi presentes em diversas cidades italianas. Em colaboração com outras Congregações, organizações e associações especializadas no setor, foram desenvolvidos serviços de caráter espiritual e cultural voltados às pessoas surdas, como a Missa dominical em italiano e na língua italiana dos sinais, retiros espirituais, dias de espiritualidade, encontros culturais, catequeses, preparação ao matrimônio e aos sacramentos, peregrinações, apoio à iniciativas para o desenvolvimento das pessoas surdas em países em via de desenvolvimento.

Alguns grupos de leigos voluntários auxiliam a Pequena Missão e a comunidade dos surdos, partilhando o carisma gualandiano, como os “Gualandi Volunteer Service Programme, Inc (GVSP)”, nas Filipinas e os Leigos Gualandianos, no Brasil.

A PMS está presente na Itália, Brasil e Filipinas e abrirá uma nova comunidade na República Democrática do Congo logo após a Páscoa.

Por Rádio Vaticano

X