Associação Padre Victor

Notícias › 06/06/2014

Santa Sé detalha encontro entre Abbas e Peres no Vaticano

santa-se_encontro-abbas-e-peresUma coletiva de imprensa no Vaticano nesta sexta-feira, 6, informou como será o encontro de oração pela paz neste domingo, 8, no Vaticano. Iniciativa do Papa Francisco, o momento terá a presença dos presidentes de Israel e Palestina, respectivamente Shimon Peres e Mahmoud Abbas, e do Patriarca Ecumênico de Constantinopla, Bartolomeu I.

As informações foram apresentadas aos jornalistas pelo custódio da Terra Santa, padre Pierbattista Pizzaballa, e pelo Diretor da Sala de Imprensa da Santa Sé, padre Federico Lombardi.

Antes da celebração, o Santo Padre receberá os presidentes na Casa Santa Marta e terá com cada um deles um breve diálogo. Na residência do Pontífice, o Patriarca Ecumênico Bartolomeu se unirá a Francisco e aos presidentes para juntos seguirem ao Jardins Vaticanos, local onde será realizado o momento de oração.

O início está previsto para as 19h (horário local, 14h em Brasília). Os três momentos da celebração seguirão a ordem “cronológica” das religiões: judaísmo, cristianismo e islã. Nos três casos, o primeiro momento será de agradecimento pela Criação, depois um pedido de perdão e por fim um momento de invocação pela paz.

A intervenção de Francisco será no final desses três momentos, com sua invocação pela paz. Cada um dos dois presidentes terá, então, o espaço para apresentarem suas respectivas invocações, que serão seguidas por um gesto de paz (aperto de mão) com a participação do Patriarca Bartolomeu.

Ao final de celebração, os quatro permanecem próximos uns aos outros para saudarem as delegações presentes. Em seguida terão um encontro privado, após o qual os dois presidentes deixam o Vaticano. Já Francisco e o Patriarca retornam para a Casa Santa Marta.

A iniciativa

Esse encontro de oração pela paz no mundo foi uma iniciativa do Papa Francisco. Em sua recente viagem à Terra Santa, ele convidou os presidentes de Israel e Palestina para que participassem do momento.

“Neste lugar, onde nasceu o Príncipe da paz, desejo dirigir um convite ao senhor, presidente Mahmoud Abbas, e ao senhor, presidente Shimon Peres, para fazerem comigo uma intensa oração invocando a Deus o dom da paz. Ofereço a minha casa no Vaticano para hospedar este encontro de oração”, disse Francisco.

No voo que o levou de volta a Roma após a peregrinação, Francisco conversou com jornalistas e explicou que o convite aos presidentes estava sendo pensado e que não constitui uma tentativa de mediação. “Isso já se programava, uma reunião, mas, no fim, saiu o que espero que seja bom. Será um encontro de oração, não para fazer mediação”.

Por Canção Nova

X