Associação Padre Victor

Notícias › 30/06/2014

Vaticano faz acordo com EUA para maior vigilância financeira

++ IOR: OGGI RIUNITO BOARD, VERSO SCELTA PRESIDENTE ++A Autoridade de Informação Financeira (AIF) do Vaticano firmou um acordo de troca de informação com o Escritório de Controle da Moeda dos Estados Unidos (Office of the Comptroller of the Currency – OCC). A notícia foi dada pelo Vaticano nesta segunda-feira, 30.

Esta troca de cartas sobre o compartilhamento de informação é o primeiro acordo bilateral da AIF em sua tarefa de supervisão e regulação financeira dentro da Santa Sé e do Estado da Cidade do Vaticano. A novidade representa um reforço significativo da cooperação internacional entre a Santa Sé e os Estados Unidos.

“É um passo adiante no esforço da Santa Sé para aperfeiçoar um sistema de regulação financeira e um elemento integrante do compromisso para a transparência e a cooperação internacional”, declarou o diretor da AIF, René Bruelhart, que acrescentou: “A Santa Sé faz parte da família global das jurisdições bem reguladas e a assinatura deste acordo o demonstra muito claramente”.

O acordo com o órgão norte-americano é consequência da aprovação da nova lei referente às atividades financeiras na Santa Sé – a lei XVIII de outubro de 2013 – e da entrada em vigor dos novos estatutos da AIF, em novembro de 2013.

“A AIF prevê firmar, em tempo oportuno, novos acordos com os organismos de outros países responsáveis pela supervisão e regulação financeira e continua seu empenho para reforçar a própria infraestrutura regulatória e promover a cooperação internacional”, informa texto emitido hoje pela Santa Sé.

A OCC é uma autoridade independente no âmbito do Departamento do Tesouro dos Estados Unidos e tem a tarefa de registrar, regular e supervisionar todos os bancos nacionais e os setores e agências federais dos bancos estrangeiros nos Estados Unidos.

A AIF é uma autoridade da Santa Sé e do Estado da Cidade do Vaticano responsável pelo combate à lavagem de dinheiro e ao financiamento do terrorismo. Em virtude do seu mandato, tem uma tarefa dupla e age seja como supervisora e reguladora financeira seja como Unidade de Informação Financeira.

Em sua função como Unidade de Informação Financeira, a AIF tronou-se membro do Grupo Egmont em julho de 2013 e já firmou protocolos de entendimento com as Unidades de Informação Financeira de uma dezena de países, entre eles Reino Unido, Estados Unidos, França, Espanha, Itália e Alemanha. A AIF foi instituída em 2010 e entrou na ativa em 2011.

Por Canção Nova, com Boletim da Santa Sé

Rádio - Associação Padre Victor
X